quinta-feira, 9 de julho de 2009

Desviando de um horizonte igual

Embarco em caminhos tortuosos, cheios de conflitos e prazeres.
Alguns prazeres esquecidos e repentinamente chamados a realidade.
São renovados no mistério que busco em mim.
E em cada descoberta uma surpresa cheia de idealismo, vontade de ir além.
Testando minha capacidade de navegar por novos horizontes.
Cansei de ter uma mente sobrecarregada de palavras sem voz.
Tenho um coração comprometido e que sempre me compromete.
Emanando sentimento, ele tudo sente, dele nada posso esconder.
Minha transparência é um defeito significativo.
Mas não se sinta intimo e nem pense que me conhece por achar previsíveis minhas ações.
A única certeza que posso dá é que travarei uma eterna batalha pela felicidade de todos que amo.
Sou um ser errante desviando meu caminho de um horizonte igual.
Sou comum, imutável e mutante.
Contradições veladas de um ser inconstante.
Não por não saber quem sou, é que procuro as novidades em outros seres além de mim.

2 comentários:

  1. coração comprometido que sempre me compromete, ai meu Jesus, é a minha cara. Bom, não vou repetir tudo, mas Mimi, é bom demais, vc escreve lindamente.

    ResponderExcluir
  2. Olha gente fina,tú tbm me comove com tua escrita.
    Me sinto estrela no teu céu,onde reinas absoluta!!!!
    Vc é sempre bem vindaaaaaaaaa,a casa é nossa pode entrar.

    ResponderExcluir

Loading...