quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Teatro da vida real.

A vida nos dirige no palco da nossa história.

Podemos ser comediantes,rir de nossas tragédias,alcançando o auge do cinismo.
Podemos ser dramáticos,se emocionar pra comover,chantagiando pela emoção.
Podemos seguir qualquer direção,ir pelo caminho mais curto,com a convicção de que os obstáculos não são medidos pelo tamanho do percurso.
A vida é uma diretora implacável,ela não te dá chance p/ refazer a cena,por isso,aprimore os sentidos,faça dos erros um referencial p/ o crescimento.
A cegueira da satisfação momentania nos permite ouvir os aplausos,as congratulações.Nos rendemos de maneira soez aos elogios.
Nossa mente é facilmente iludida,ludibriada quando alguém enxerga em nós algum ponto de perfeição.
Conviver só com os altos dessa direção,viver de brindes e sorrisos nos deixa estagnados,alheios a opiniões contrárias,nos bitolamos na ciclicidade.
Não quero me tornar uma atriz medíocre,quero atuar entre todas as emoções domina-las de forma sublime.
Deixar minha alma vagar entre todos os personagens dando a melhor parte de mim pra todos eles.
Sem perder-me em cada um,respeitando as individualidade,ensinando pra vida que ela até pode direcionar nossos passos,mas o sucesso de tudo...depende de cada um de nós!
Loading...