quinta-feira, 9 de julho de 2009

कारेंते

Vejo-te na água, na suavidade da brisa.No sol que arde sobre a pele.Queimando como queima meu coração com o amor que sinto.A saudade aperta o peito, da um nó na garganta e eu aqui vivendo sem você.De que adianta ver as estrelas a brilhar.Olhar a lua lá no céu.E observar as ondas no mar.Se tudo perde o encanto natural se não estou com você.Sinto falta do teu cheiro e do teu beijo... Molhado, delicioso.Tuas mãos acariciando-me lentamente.Sinto falta do teu corpo que um dia pode até deixar de ser meu.Mas vai pra sempre me pertencer, de uma maneira só minha.No meu jeito todo especial de te querer!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Loading...